Título

Zero

Catalogação

Tipo: Blog

Categorias: textos

Tags: , ,

Uma grande ferramenta ao vício do Instagram é o feed infinito. Alimentado por todas as pessoas que seguimos, facilmente o conteúdo ali cresce exponencialmente junto com a quantidade de perfis que você acompanha. É fácil abrir o aplicativo para ir fazer algo e terminar preso em uma sequência de stories ou descendo sua timeline sem mais nem lembrar o que foi fazer ali inicialmente.

Uma maneira que encontrei de fugir disso foi uma dica do meu irmão, simplesmente reduza ou zere as pessoas que você segue, assim esse feed vai se tornar mais relevante no caso de seguir menos pessoas ou então totalmente vazio no caso de zerar, permitindo que você acesse diretamente os perfis que quer ver naquele momento.

Primeiro Zerar, depois otimizar

Otimizar a sua lista de seguidores não é algo prático se você tiver um número alto de pessoas, tanto a interface web quanto a do aplicativo não te permitem uma visão ampla com muitos perfis ao mesmo tempo. Sabendo disso eu preferi simplesmente zerar a lista de seguidores e depois voltar a seguir as pessoas que me interessam, porque mesmo que o processo seja trabalhoso pelo menos não me exige ficar analisando vários perfis de pouco em pouco até ficar com apenas os mais relevantes.

O Instagram tem uma política rigorosa sobre deixar de seguir as pessoas em massa para evitar o abuso de robos que possam bombar métricas seguindo um monte de gente e deixar de seguir na sequência. De acordo com eles a preocupação é com a comunidade, mas acredito que essa preocupação também seja monetária, já que a presença em massa de “falsos” influencers não seria interessante para forma de monetização do Instagram através de anúncios. Ninguém quer vender falar com uma audiência de robos.

Fiz algumas tentativas de códigos em Python e JavaScript para automatizar todo processo, mas infelizmente o Instagram depois de um tempo bloqueava as minhas interações. Minha solução então foi combinar um pouco de automação com trabalho manual mesmo.

Fiz um código simples em JavaScript que deixava de seguir exatamente o limite de pessoas que o Instagram permitia pela interface Web e rodava esse script de tempos em tempos para evitar bloqueios. Em paralelo a isso, sempre que tinha aquele tempinho vago que não dá pra fazer muita coisa, eu deixava de seguir pessoas manualmente pelo aplicativo mesmo.

Fiquei na rotina morosa, deixando de seguir pessoas de pouco em pouco desde sexta-feira e agora posso renovar as coisas por lá.

No automático

Agora que o feed está em branco parece que evidenciou as minhas visitas sem propósito claro ao aplicativo, por que antes eu fazia e no rolar automático alguma coisa aparecia e o tempo era preenchido sem eu perceber de fato. Agora batendo a cara no muro branco, me pego logo na sequência percebendo que abrir o aplicativo foi quase um espasmo, uma memória muscular.

Talvez fique assim, zerado por um tempo.


A capa deste post foi mais uma experimento no Krita, estou gostando bastante.

2 comentários em “Zero

  1. que ideia legal! eu sigo quase 7 mil contas e vejo que a ação de pegar o celular virou um hábito, quase como fumar. sempre que tenho um tempinho é automático eu virar pro lado pra alcançar o celular, isso fica bem evidente quando esqueço o aparelho em casa e fico virando pro nada. tenho perdido muito tempo no instagram, rolando pra sempre, vou ver se instalo um aplicativo de bloqueio e começo também a fazer uma limpa!

    1. Pois é, e a relevância do que você vê também começa diminuir já que segue muitas pessoas. 7mil contas vai dar trabalho, eu cheguei a testar alguns aplicativos mas a maioria tinha limites nas suas versões gratuitas, mas pra essa quantidade de pessoas talvez valha a pena!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *